quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Resenha do livro O Último Jurado



por Lara Duarte | Magia Literária

Avaliação: 4/5

No ano de 1970, o jornal The Ford County Times entrou em falência,  foi então, que Willie Traynor, um rapaz de 23 anos, o comprou e passou a ser dono do jornal, que antes era famoso por seus obituários. Agora porém, as reportagens mudaram completamente com Willie na liderança, ele passou a escrever sobre os crimes ocorridos no Condado de Ford, e sobre os delitos e atos ilícitos ocorridos na cidade. Mas as vendas do jornal passaram a crescer vertiginosamente no momento que uma mulher foi estuprada e assassinada por um membro da conhecida família Padgitt. Willie então publicou todos os detalhes dessa terrível violência, e o The Ford County Times cresceu, pois passou a divulgar passo a passo da investigação. 

A família Padgitt é conhecida por cometer diversos atos ilícitos  tais como roubo, fabricação de uísque ilegal e contrabando, e mesmo cometendo diversos delitos, nunca, nenhum membro da família foi preso, por isso, a população ficou perplexa quando o assassino foi condenado. O julgamento foi tenso, pois o criminoso prometeu se vingar dos jurados, e assim, quando ele foi solto, o medo pairou no Condado de Ford, pois as pessoas ficaram receosas e amedrontadas com as ameaças que receberam. Será que ele realmente cumpriu com o prometido?

O último jurado, para mim, foi uma excelente leitura, que me prendeu desde o inicio, o autor criou um cenário maravilhoso e muito bem escrito, me senti no julgamento do assassino, que foi retesado e intimidador com as ameaças feitas. Eu adorei os personagens,  são todos muito queridos, na trama, Willie começa uma grande amizade com uma família que é moradora de um bairro conhecido por ser habitado pelos negros da cidade, e eles são simplesmente apaixonantes!! Willie os visita com frequência e eles se tornam grandes amigos. Essa família passou por grandes dificuldades e eu queria ler mais e mais sobre ela, ao mesmo tempo que queria saber mais sobre o assassinato e a condenação, e como seria a vida das pessoas juradas de morte e o que aconteceria com elas, fazendo com que eu me prendesse muito a narrativa.

Foi uma leitura que realmente eu não queria largar! Além de toda a trama do assassinato e julgamentos, o autor aborda também a segregação entre brancos e negros e as dificuldades pelas quais passavam, ele mostra o cotidiano de uma pequena cidade, e não se prende apenas sobre o crime, mas sobre tudo o que acontece no condado, o que não torna a leitura cansativa.

Uma trama cheia de suspense, corrupção, traição e isolamento racial. Super recomendo, leiam e se surpreendam com O Último Jurado!



Um comentário:

  1. Tudo bem sim! Obrigada por ter escolhido a minha resenha para postar!!
    Um abraço

    Lara - Magia Literária

    ResponderExcluir